Notícias

maio 6, 2020

SENAI entrega 12 respiradores a hospitais

A rede pública de saúde de Pernambuco recebeu, nesta terça-feira (05), o reforço de nove respiradores para ajudar no combate à pandemia da Covid-19. Os equipamentos, que estavam em desuso, foram consertados por profissionais do SENAI Pernambuco, instituição que está participando da Iniciativa + Manutenção de Respiradores, idealizada pelo SENAI Nacional e pelo Governo Federal. Os ventiladores pulmonares serão instalados no prédio da Maternidade Brites de Albuquerque, em Olinda, que foi reaberto em abril para receber, exclusivamente, pacientes diagnosticados com a Covid-19. Além destes, o SENAI Pernambuco já realizou a entrega de outros três equipamentos à Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE), responsável por todo o processo de priorização e logística.

O conserto dos aparelhos, indispensáveis para o tratamento dos pacientes com a forma mais grave da Covid-19, vem sendo realizado desde o início de abril, em um laboratório estruturado no SENAI Santo Amaro. Docentes das áreas de Eletrônica, Mecânica e Calibração de equipamentos participaram da força-tarefa. “Ao todo, recebemos 24 equipamentos da Secretaria de Saúde. Vamos continuar trabalhando para finalizar o conserto dos que estão aqui na instituição”, explicou o gerente de Consultoria do SENAI-PE, Oziel Alves. Em Pernambuco, as manutenções também estão ocorrendo na fábrica da Fiat Chrysler Automóveis (FCA), em Goiana.

A entrega dos respiradores foi feita ao Hospital Tricentenário, que está responsável pela gestão da Maternidade Brites de Albuquerque. A estimativa é que cada equipamento recuperado seja utilizado no atendimento de 10 pessoas durante a pandemia. A ação contou com o apoio da campanha “Pelos Heróis da Saúde”, encabeçada pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), que direcionou recursos para a compra de peças para os respiradores. “Sabemos da importância desses respiradores para as pessoas que receberam o diagnóstico da Covid-19. Estamos nos articulando com parceiros locais para agilizar essa ação”, acrescentou a diretora regional do SENAI Pernambuco, Camila Barreto.