Notícias

set 21, 2020

Feira de Profissões reúne mais de 4 mil espectadores

Com o objetivo de apresentar a realidade das profissões técnicas aos pernambucanos, o SENAI Pernambuco promoveu, nos últimos dias 16 e 17 de setembro, a primeira edição da Feira de Profissões. Ao todo, foram 12 horas de lives, que abordaram diversos temas relacionados à instituição e ao ensino tecnológico. Em meio à pandemia, o público pôde assistir a lives, transmitidas ao vivo pelo YouTube, e interagir com os painelistas e mediadores. No total, durante os dois dias, mais de 4 mil pessoas assistiram à Feira de Profissões. Todos os vídeos estão disponíveis no endereço youtube.com/senaipernambuco.

De acordo com a diretora de Educação do SENAI-PE, Carla Abigail, a proposta do evento era trazer informações sobre as profissões da indústria, ajudando a fortalecer a decisão acerca do futuro profissional. Além disso, Carla também falou sobre os novos cursos EAD e a estreia dos cursos pós-técnicos. “O SENAI é referência em educação profissional, nacional e internacionalmente. Além da formação de qualidade, a instituição também tem uma excelente aceitação pela indústria. Essa empregabilidade é novo objetivo”, destacou.

Ainda no primeiro dia, os participantes puderam descobrir mais informações sobre os cursos técnicos em Refrigeração e Climatização, Logística, Automação Industrial, Mecânica e Mecatrônica. O evento recebeu, ainda, uma edição especial do Resenha de Estagiário, projeto idealizado pela Diretoria de Educação. Entre os temas abordados, esteve o processo seletivo on-line, formato bastante adotado durante a pandemia. A live contou com a participação da psicóloga do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-PE), Silviane Melo Silvestre, e do aluno do SENAI-PE e estagiário, Rivan dos Santos.

Outro destaque do primeiro dia foi a live “No passinho da convivência”, que discutiu a questão do desenvolvimento de competências socioemocionais nas escolas do SENAI-PE e contou com a participação das analistas de Educação Profissional Vanessa Pedrosa, Andréa Carvalho e Alea Andrade, que mediou o painel. “Nove entre dez pessoas são contratadas pelas competências técnicas, mas vocês sabiam que 90% delas são desligadas por falta das competências socioemocionais?”, questionou a mediadora no início do painel. “Entrar no mercado de trabalho não é difícil, mas o difícil é se manter. O comportamento é essencial para manter a pessoa no ambiente organizacional”, frisou Andréa.

A live “Quando o sucesso invade a sua vida” marcou a abertura do segundo dia da Feira de Profissões. Convidado para participar do bate-papo, o especialista técnico em Elétrica do SENAI-PE, Frederico Cézar, contou sobre a sua relação com a instituição, onde trabalha há 17 anos. A sua trajetória iniciou com a participação no Programa de Aprendizagem, ainda aos 16 anos. “Eu fiz o curso de Eletricista Industrial e logo em seguida ingressei em um curso técnico no SENAI. A minha formação de base técnica é do SENAI. Passei a ter paixão por eletricidade e eletrônica. O SENAI, de fato, transformou a minha vida”, destacou.

Já no segundo dia, a programação contou com a apresentação dos cursos técnicos em Eletromecânica, Eletrotécnica, Manutenção Automotiva, Plástico e Química, além de uma lives direcionadas especialmente para explicar os cursos pós-técnicos e os programas de empregabilidade desenvolvidos pelo SENAI – o Programa SENAI Emprega e a Plataforma Via SENAI.

A apresentação da infraestrutura oferecida pelo SENAI foi um dos pontos altos do segundo dia. A diretora de Educação do SENAI-PE, Carla Abigail, destacou os laboratórios já existentes e as novas tecnologias que estão sendo implantadas nas escolas técnicas. “Estamos finalizando as adequações dos nossos laboratórios. Em 2021, vamos ter laboratórios totalmente focados na Indústria 4.0, com robôs, equipamentos e processos. Queremos estar cada vez mais perto da indústria, visando atender com qualidade”, frisou.