Notícias

out 1, 2020

Aluna de 77 anos conclui curso no SENAI-PE

Essa poderia ser a história de mais um curso à distância realizado durante a pandemia, mas a presença de uma única aluna transformou tudo. Já no primeiro dia de aula do curso de Organização do Trabalho e Gestão, Francisca Bonifácio de Souza surpreendeu o docente do SENAI Pernambuco, Marcos André, ao brincar, entre risos, que “provavelmente era a mais nova da turma”. Aos 77 anos, a aluna superou os desafios, aprendeu a usar as novas tecnologias presentes nos smartphones e realizou todas as atividades propostas, mostrando a todos os seus colegas que a idade não é obstáculo para quem quer aprender.

O curso, realizado por meio de uma parceria entre o SENAI Paulista e a Prefeitura de Itamaracá, foi oferecido gratuitamente aos moradores da cidade, no fim de agosto. Ao saber do projeto, dona Francisca resolveu se matricular, como forma de incentivar dois netos e alguns amigos a estudar. “Eu sempre fui muito ativa e, por causa da pandemia, estava me sentindo angustiada e isolada. Esse curso me animou. Me juntei a um grupo de adolescentes e, todos os dias, às 7h30, acordava todo mundo. Já no primeiro dia, o professor me motivou muito e isso me fez querer continuar. Acompanhei as aulas pelo celular, ao lado dos meus colegas, e quando o professor pedia alguma atividade, eles me ajudavam e eu metia bronca”, contou.

A rotina se repetiu durante os quatro dias de duração de curso. Responsável por ministrar as aulas, remotamente, o docente Marcos André se surpreendeu ao saber a idade da aluna – a média etária da turma estava na faixa dos 16 aos 20 anos. “Ela contou que não sabia o que estava fazendo ali, mas sempre respondia às perguntas e participava das aulas. Um dia, pedi para eles me enviarem as respostas de uma atividade por um aplicativo de mensagens e abri uma exceção para ela, dizendo que poderia responder à mão e me enviar uma foto. Mas ela fez questão de aprender e fez a atividade da mesma maneira que os outros”, disse.

Talvez o empenho atual de dona Francisca seja reflexo de uma vida inteira dedicada a estudar e a ensinar. Hoje professora aposentada, dona Francisca concluiu o magistério aos 42 anos, finalizou o curso de Pedagogia aos 59 e, aos 65, uma pós-graduação. “Deus me deu vida para eu continuar. Ser velho é não abrir os olhos para a vida”, resumiu. Mesmo à distância, a empolgação da aluna trouxe impactos positivos para o docente Marcos André. “Ela é, com certeza, a aluna com a maior idade que já ensinei e foi um exemplo para os outros alunos. São momentos como esse que me fazem sentir orgulho de ser professor”, declarou.

*Imagem de abertura extraída de reportagem da TV Globo. Confira vídeo completo em: https://globoplay.globo.com/v/8873904/