Para você

Soldagem de Estruturas em Aço Carbono – Processo Arame Tubular

Soldagem de Estruturas em Aço Carbono – Processo Arame Tubular

CONTEÚDOS FORMATIVOS

Conteúdo formativo 100 horas
Iniciação ao Processo de Soldagem Arame Tubular – 20h
•Identificação de processos de soldagem;
•Aplicações Industriais;

Princípios de funcionamento:
•Equipamentos;
•Fontes de energia;
•Acessórios;
•Dispositivos auxiliares;

Terminologia e simbologia de soldagem
representação gráfica;
linha de referência
linha de seta.
Classificação AWS (American Welding Society)
Consumíveis:
•Especificações e classificação AWS: arames tubulares;
•Armazenamento dos arames tubulares;

Técnica Operatória:
•Variáveis do processo;
•Diâmetro do arame eletrodo;
•Intensidade da corrente elétrica (velocidade do arame);
•Tensão do arco elétrico;
•Posições de soldagem;
•Segurança na soldagem.

Prática de soldagem no processo Arame Tubular – 80h
•Prática de soldagem em aço carbono;
•Manutenção e controle do arco elétrico;
•Deposição sobre chapa na posição plana;
Soldagem de chapa:
•Junta de topo na posição de soldagem IG/1F;
•Junta de topo 2G/2F.
•Soldagem de chapa na posição 3G ascendente com cobre junta (Cerâmico/metálico);
•Soldagem de chapa posição 3F ascendente;

Conteúdo formativo 100 horas
Iniciação ao Processo de Soldagem Arame Tubular – 20h
•Identificação de processos de soldagem;
•Aplicações Industriais;

Princípios de funcionamento:
•Equipamentos;
•Fontes de energia;
•Acessórios;
•Dispositivos auxiliares;

Terminologia e simbologia de soldagem
representação gráfica;
linha de referência
linha de seta.
Classificação AWS (American Welding Society)
Consumíveis:
•Especificações e classificação AWS: arames tubulares;
•Armazenamento dos arames tubulares;

Técnica Operatória:
•Variáveis do processo;
•Diâmetro do arame eletrodo;
•Intensidade da corrente elétrica (velocidade do arame);
•Tensão do arco elétrico;
•Posições de soldagem;
•Segurança na soldagem.

Prática de soldagem no processo Arame Tubular – 80h
•Prática de soldagem em aço carbono;
•Manutenção e controle do arco elétrico;
•Deposição sobre chapa na posição plana;
Soldagem de chapa:
•Junta de topo na posição de soldagem IG/1F;
•Junta de topo 2G/2F.
•Soldagem de chapa na posição 3G ascendente com cobre junta (Cerâmico/metálico);
•Soldagem de chapa posição 3F ascendente;

CONFORMIDADE NORMAS

ABNT NBR 12176:2010, Cilindros para gases - Identificação do conteúdo;
ABNT NBR 13043:1993 - Soldagem - Números e nomes de processos – Padronização.
ABNT NBR 10474:2015 - Qualificação em soldagem — Terminologia;
ABNT NBR 16247:2013 - Proteção ocular pessoal — Filtros para soldagem e técnicas associadas — Requisitos de transmitância e recomendações de uso;                                                                                                                                                                           
Norma Regulamentadora Número 6 - NR 6, considera-se Equipamento de Proteção Individual - EPI.

Preencha o formulário e FAÇA SEU CADASTRO