Aula magna recepciona primeiros alunos da Faculdade SENAI

aula magna faculdadeUm sonho feito realidade. Foi esse o sentimento que prevaleceu na noite desta segunda (12) durante a aula magna da Faculdade de Tecnologia SENAI Pernambuco. Seja por parte dos primeiros alunos, ou pelo SENAI, a aula inaugural deixou de lado as expectativas para apresentar as possibilidades de um futuro promissor. O evento contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), Jorge Côrte Real; do diretor regional do SENAI, Sérgio Gaudêncio; do diretor da Faculdade de Tecnologia SENAI Pernambuco, Paulo Galdino.

No discurso de abertura o presidente da FIEPE, Jorge Côrte Real, apresentou o lançamento da Faculdade como uma ótima oportunidade para o novo momento em que o nosso Estado vive. “A Faculdade faz parte de um programa de comprometimento do SENAI na promoção profissional, através da educação para o trabalho. Esse novo Pernambuco será construído através da potencialização de possibilidades para os jovens pernambucanos, ponto crucial para o crescimento da indústria no Estado”.

Já o diretor do SENAI PE, Sérgio Gaudêncio, a implantação da Faculdade fará uma grande contribuição para a verticalização do ensino dos trabalhadores. “É uma honra saber que, entre as opções de cursos superiores, vocês escolheram o SENAI pela referência. Queremos dar oportunidade para que os jovens continuem se qualificando para garantir seu espaço no mercado de trabalho, e a faculdade é esse compromisso”, relatou Gaudêncio aos estudantes durante a abertura da aula magna da Faculdade de Tecnologia SENAI Pernambuco.

Para o diretor da Faculdade SENAI, Paulo Galdino, é uma grande satisfação estar à frente desse empreendimento. “Fui aluno dessa escola e, na época, tínhamos o sonho de vê-la com cursos técnicos. Depois veio o desejo da implantação de um curso superior. Vamos fazer dele o melhor e, com certeza, o primeiro de outros”, comenta Paulo.

Responsável pela aula que recepcionou os alunos, o secretário do STQE, Antônio Carlos Maranhão, apresentou um plano de aula com um breve histórico que tomou como partida a alavanca de Arquimedes e chegou até a revolução técnico-científica informacional. Todos os fatos históricos colaboraram para chegar até a criação do curso de Mecatrônica Industrial e a área de atuação desempenhada pelo profissional dessa área, além das explicações sobre os novos desafios que serão vivenciados pelos alunos.

A ansiedade do primeiro dia estava estampada nos rostos dos alunos. Para Vinícius Borges, de 19 anos, o curso de tecnólogo em Mecatrônica Industrial é uma grande oportunidade para conquistar seu espaço no mercado de trabalho. “Estou muito ansioso para começar as aulas. O curso foi muito recomendado. Agora, espero que seja um lugar em que possa garantir o meu futuro”, comentou Vinícius.

Já Maria Gabriela Souza, de 18 anos, está muito confiante. “Fiquei muito feliz por ter passado. A palestra de abertura foi bem legal e me esclareceu muita coisa sobre o curso. Senti que é o que quero realmente seguir. Pra mim é um futuro garantido”, relatou Gabriela.

 


boto ouvidoria 2



Selo Campanha

 


Cronograma
 Laboratoriais 
Empresarial2
Trabalhe
Transparencia


online film izlepornoinsektcappadocia toursonline film izle
En kaliteli escort bayanlar icin sitemize bekleriz

porno